Arquivo da categoria ‘Opinião’

Não acabe com o meu dia

Publicado: 1 , outubro , 2011 , sábado em Opinião

foto extraída do blog Jovens Bereanos

Tem dia que acordamos com a “macaca”, tão nervosos, chateados com a vida, e dispostos a brigar com qualquer pessoa por qualquer motivo. Mas, sabem de uma coisa? ninguém tem nada a ver com isso! Se liga! Que coisa chata ficar maltratando os outros sem razão… não vamos confundir com justiça. Por exemplo, se alguém for abusado com você, e você precisar responder com firmeza, isso de forma alguma pode ser considerado maltratar, desde que a resposta seja com polidez, respeito.

Me lembrei disso por causa da aula que tive ontem da Jocum (Jovens com Uma Missão) sobre Batalha Espiritual. Patrícia, a missionária que estava falando sobre o assunto, estava compartilhando conosco sobre a grande dificuldade que temos nos relacionamentos. Para ela, esse é um dos nossos maiores desafios na Terra. A própria Bíblia fala sobre isso, quando diz que nossa luta não é contra carne ou sangue, mas contra principados e potestades. (Efésios 6.12)

Os nossos inimigos não são as pessoas. São os demônios que influenciam as pessoas, que instigam os seres humanos para o mal, para a briga, confusão. Então, o que precisamos fazer para derrotar os nossos verdadeiros opositores? lutar contra a carne, abrir mão do orgulho, exercitar o perdão pelas ofensas e praticar o amor incondicional. É fácil? Claro que não, mas como bem destacou a missionária Patrícia, “se eu venço, em amor, os meus relacionamentos, venço qualquer batalha espiritual”.

Por Luciana Almeida, jornalista da RevistaZion

Anúncios

Missão Integral – A igreja como sinal do Reino

Publicado: 10 , setembro , 2011 , sábado em Opinião

Uma pergunta muito freqüente no universo cristão é “Qual o propósito de Deus para o seu povo?” E eu estendo essa questão perguntando “Qual deve ser a postura do cristão/comunidade cristã no mundo?

Nos séculos XIX e XX surgiram grandes evangelistas de massas que atraiam uma grande quantidade de pessoas, pregavam e anunciavam que vivessem e repassassem a mensagem; porém, no final deste período, surgiu uma nova idéia sobre missão, uma visão que anuncia essa anterior como incompleta, que leva em consideração o homem e suas circunstâncias, e no fato de que, se a fé diz respeito a eternidade, e não leva em consideração o histórico, ela é estéril e sem sintonia com o mundo pós-moderno. Esse novo pensamento é a missão integral.

O Reino de Deus é o domínio soberano dEle e nós somos o instrumento através do qual Cristo, o cabeça, exerce seu controle sobre tudo. A missão da igreja é manifestar aqui e agora a maior desindade possível do Reino de Deus que será consumado ali e além. O convite ao relacionamento pessoal com Deus é apenas uma parte da missão, a Missão Integral implica a ação para que Cristo seja o senhor sobre tudo, todos, e em todas as dimensões da existência humana, seja no âmbito espiritual, emocional, ou social.

Deus nos chama a ser sinais do seu Reino nesse mundo e Ele não está apenas salvando pessoas, mas está restaurando a raça humana da sua condição de pecado e do caos gerado por ele. “Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio”; vamos dar continuidade ao ministério de Jesus de reconciliar o homem e o universo criado com o criador, salvar pessoas do inferno é sim o importante, mas salvá-las também de suas condições de inferno faz parte do nosso propósito nessa terra.

André Dickson – Primeira Igreja Batista de Benevides

“O evangelho todo, para o homem todo, no mundo todo.”

Lema da missão Integral

“Corpo sem alma é defunto, alma sem corpo é fantasma.”

Autor desconhecido

O humor e o cristão

Publicado: 3 , setembro , 2011 , sábado em Opinião

É normal criarmos um estereótipo em relação à “imagem humorística de um cristão”: careta, não ri de nada, carrancudo, fechado, sem graça…e aí por diante! Afinal, o humor e o Cristão são primos distantes? Posso afirmar que ao contrário: são bem próximos, diria até que unha e carne! Rir é algo do próprio homem, e se o homem é a imagem e semelhança de Deus, podemos dizer que o riso também é “algo divino”.

Muita das vezes nos encontramos de cara fechada, e o humor vem combater isso, vem dar leveza à nossa vida, vem colorir. Cristo nos deixou a alegria dele para que assim pudéssemos ser completos, desfrutarmos de uma felicidade incondicional. “Que a minha alegria esteja em vós e que a vossa alegria seja completa” (João 15:11).

Deve-se também diferenciar o humor e a ironia. A ironia vem com a intenção de ridicularizar, o humor é algo benevolente. Essa é grande chave que segura o riso do Cristão; muita das vezes os outros riem ao ridicularizar outra pessoa, e para eles, isso se torna engraçado. Na vida Cristã, o humor está ligado ao discernimento e bom senso.

A presença do amor de Deus na vida de um cristão se faz notório. A alegria é resultado de uma intimidade com Ele, pois transborda, e não depende do dia de amanhã, mas  é um sentimento que  nos faz lembrar que as misericórdias do Senhor se renovam todos os dias. “O coração alegre aformoseia o rosto” (Prov 15:13)

Escrito por @lucasgdleite