Mudança de Vida em 180º

Publicado: 8 , agosto , 2011 , segunda-feira em Vou contar...

Desde pequeno sempre estive envolvido em bandas e ministérios de louvor, porém nunca tinha conseguido me entregar de fato à verdadeira adoração, em sentir o Espírito Santo ministrando, ao invés de ser eu fazendo todo o trabalho.

Há algumas semanas aconteceu um acampamento interno chamado por Intercamp apenas para membros do ministério Belém Crentes. Eu não iria participar, estava apenas com o dinheiro para ir trabalhar na primeira semana de agosto, se eu o gastasse com a inscrição deste acampamento, ficaria sem ter como me deslocar até meu trabalho.

Mas Deus nunca nos deixa na mão quando Ele está como nossa prioridade. Fui a uma reunião com o preletor que iria ministrar durante o acampamento; ele testemunhou o que Deus tinha lhe feito durante sua vinda a Belém. Estando apenas com 50 reais na carteira, em uma visita a uma igreja, o Espírito Santo mandou que ele estivesse dando todo o seu dinheiro e confiasse integralmente em Deus para suster a viagem, hospedagem e alimentação em Belém. Obedecendo-O, entregou tudo o que tinha, a partir daquele momento, tudo foi confirmação de Deus para sua vida. Todas as coisas que ele pedia, Deus confirmava.

Depois de escutar um testemunho me envergonhei, liguei para o professor-coordenador de um dos projetos da universidade e ele disse que não teria trabalho naquele final de semana. Foi quando eu decidi pegar o único dinheiro que eu tinha e pagar o abençoado acampamento do Belém Crentes.

Já na primeira noite aconteceu um mover muito grande dentro do Louvor. Deus me fez ver o Seu mover e aquilo que Ele tinha de promessa na minha vida. Durante a manhã do segundo dia eu senti uma coisa muito forte em abandonar tudo o que eu fazia e me propor a fazer a obra de forma integral, pois meu tempo é dividido com muitas outras coisas.

Durante o acampamento, Deus confirmou tudo aquilo que eu estava sentindo e pensando. Eu tinha certeza do que Deus queria de mim, onde Ele me queria e o que Ele queria que eu estivesse fazendo.

Eu tinha certeza. Meu coração estava em paz sobre aquilo que eu tinha que fazer. No dia seguinte fui conversar com o Huria Tirzan, nosso preletor. Ele me fez várias perguntas e me disse: “Já fostes chamado à obra, acredite nisso e tome posse! Aguarde, não largue tudo, Deus vai lhe mostrar a hora certa para fazeres tudo isso que estás sentindo confirmação do Pai.” Aquilo me encheu de uma paz tão grande que é impossível descrever como me senti. Só quem já sentiu vai entender o que é esse mover do Espírito Santo.

Logo após ele me dizer essas palavras, me perguntou algo muito sério, se eu já havia recebido o dom de línguas. Eu fui sincero ao dizer que não. Ele falou que eu deveria buscar por isso, pois isso me edificaria muito. Quando ele terminou de falar, eu pedi que ele orasse comigo. Em sua oração ele pediu por aquelas coisas que eu havia comentado e no final pediu que Deus me desse este dom.

No último dia de acampamento tivemos um culto que foi só o poder. Antes de começar a pregação eu já estava tremendo, estava tremendo tanto que estava preocupado se eu estava passando bem, eu e minhas ignorâncias espirituais falaram mais alto no momento. Durante toda a pregação eu sentia meu corpo tremer e no momento que começamos a orar, meu corpo todo foi tomado por uma ardência, era uma mistura de calor e frio; e minhas mãos que estavam segurando a Bíblia, ficaram como se tivessem congeladas, como se eu não devesse largar aquela Palavra nunca mais.

Durante a oração eu chorava de tanto que sentia o mover de Deus naquele lugar e buscando pelo poder de Deus, recebi o dom de línguas.

Minha vida foi alterada para um encontro diário com Deus. Sempre buscando mais intimidade, deixando meu espírito orar a Ele. Depois de tudo isso, vi que o velho Rodrigo não poderia mais existir, e que eu deveria tomar uma atitude de mudança de vida, mudança ministerial, mudança no meu devocional, mudança em deixar o que Deus quiser falar através de mim.

Quando resolvemos escutar a voz de Deus em tudo, Ele responde. Quando você ora a Deus, é Deus quem responde. Depois dEle responder você deve apenas ficar atento a fazer o que ele te ordenar.

Deus abençoe sua vida!

 

Rodrigo Brito, 22 anos, estudante de Licenciatura em Física.

 

Editado por Elizângela Borges

Anúncios
comentários
  1. Káah Miranda disse:

    Nossa…
    Deus é definitivamente tremendo!
    Você num tem noção de como ler isso me renovou, Deus pensa sempre nos mínimos detalhes!
    E eu ainda, querendo fugir da presença dEle novamente..
    DEUS continue o abençoando muito!
    Abraços.

  2. Muito bem Rodrigo!! Ei Eli, coloca uma foto do nosso amigo aí pra todos o conhecerem.

    Abração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s