Flávio Paes

Publicado: 29 , maio , 2011 , domingo em Seja bem-vindo!

Flávio Augusto Rodrigues Paes, mais conhecido por Flavinho, tem 20 anos, é estudante de Farmácia e convertido há 3 anos. Apaixonado por Cristo, acredita que o grupo familiar é uma arma importante para apresentar o amor de Deus ao coração de novas pessoas.

Como era sua vida antes de conheceres a Cristo?

Antes de entregar minha vida a Jesus, minha vida era totalmente desregrada. Minha família era uma bagunça. Eu era uma pessoa muito agressiva, muito estourada e eu descontava tudo na minha mãe. Nós brigávamos, muito, discutíamos demais, tínhamos um relacionamento péssimo. Além disso, eu era muito farrista, gostava demais de festa e Deus mudou tudo isso na minha vida.

Como ocorreu o processo da tua mudança?

Desde o começo Deus proveu com que eu tivesse um encontro com Ele. Eu morava em Juiz de Fora, uma cidade onde não conhecia ninguém evangélico, não conhecia nenhuma igreja e Deus fez com que minha família se mudasse aqui pra Belém. Eu tinha acabado de concluir o terceiro ano, iria direto pra faculdade, então estava sem amigos aqui. Fiquei sem amigos por uns 4 meses e Deus colocou os meus tios e meu primo Bruno pra cuidar da gente e todos eles são da igreja. Então, logo que a gente chegou aqui, meus tios decidiram colocar um grupo familiar pra funcionar lá em casa pra discutir e conhecer mais sobre Deus. Por amor aos meus tios, nós aceitamos e toda quinta-feira as pessoas iam lá e Deus foi tocando o meu coração, esclarecendo coisas, abrindo a minha mente pras coisas d’Ele, mas mesmo assim eu ainda não largava o que eu fazia. Até que teve uma semana seguinte ao acampamento da semana santa que meu primo me chamou para um culto. Eu decidi ir, assisti ao culto, fui bem recebido, mas não queria mais voltar. Só que durante a semana que se seguiu Deus falou comigo e no final de semana seguinte teve um churrasco de confraternização dos jovens que meu primo me convidou novamente pra participar e eu aceitei. Lá eu tive contato com as pessoas, joguei bola, brinquei com todo mundo e logo depois vim pro culto da Unijovem onde durante o apelo eu aceitei Jesus como meu Senhor e Salvador.  A minha conversão não foi sentimental. Eu não chorei, nem me quebrantei. Eu decidi me converter porque era um estilo de vida que me agradava. Deus foi tão bom comigo que Ele me tirou do meio em que eu vivia e me colocou num meio totalmente novo porque seria muito mais difícil eu me transformar completamente se eu estivesse perto da vida que eu vivia. Desde aquela época eu nunca mais saí, nunca deixei de freqüentar a igreja. Eu já desviei, já tive alguns momentos baixos, alguns momentos ruins, mas nada que me afastasse verdadeiramente, que me atrapalhasse de verdade. É por isso que eu amo tanto o grupo familiar porque foi através dele que eu fui alcançado. Desde a minha conversão, eu nunca deixei de participar de um projeto zion.

Qual foi a principal mudança que ocorreu na tua vida depois dessa decisão?

A principal diferença que eu noto até hoje é dentro da minha própria casa. Eu tinha um relacionamento terrível com minha mãe, nós éramos totalmente estressados, e nossos gênios iam de encontro um com o outro. Deus nos transformou de tal forma que hoje nós somos melhores amigos. Nós conversamos muito, temos um relacionamento bem aberto.

Qual seria a mensagem que você deixaria para quem está lendo seu depoimento?

Eu diria que vale à pena seguir a Deus. Vale muito à pena. Vale cada minuto, cada centavo porque a paz de Deus é muito maior do que qualquer coisa que a vida a fora possa oferecer pra gente. Então, se por acaso você valoriza muito o seu caráter, se você valoriza ser uma pessoa melhor, aceite a Jesus porque é incrível como Deus transforma a vida da gente!

Editado por Marcella Tagliarini

Anúncios
comentários
  1. João disse:

    Égua flavinho..eskeceste de falar que tu era magro…e desde q eu te conheço tu tens 20 anos!! hauhauahuahuahua
    Abs cara, segue com Deus mesmo que é a melhor coisa que existe!!
    tem uma surpresa p ti no e-mail!! huahauhaua

  2. Rafa disse:

    Amei o testemunho do Flavinho!!

    Deus é maravilhoso mesmo..

    =D

  3. Elizângela Borges disse:

    Ooooolha… que lindo!!!! rsrs… Deus é bom e as coisas que Ele faz são indescritíveis… perfeitas! Que Deus continue abençoando sua vida Flavinho e te usando todos os dias para a Glória dEle.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s