Mortes física e espiritual

Publicado: 12 , abril , 2011 , terça-feira em Matérias

Foi trágico o que aconteceu na última quinta-feira, na escola pública de Realengo, no Rio de Janeiro, em que 12 adolescentes foram mortos. A notícia, veiculada na imprensa brasileira e internacional, mostra que a morte causa comoção nas pessoas de tal forma, que milhares de pessoas buscam saber mais e mais sobre esse assunto o tempo inteiro.

Há dois tipos de morte: a física, e a espiritual. A morte física é a que a maioria conhece, como neste caso do Rio de Janeiro. A espiritual é causada pela separação de Deus e o homem, em virtude do pecado, conforme explica o pastor da Igreja Batista Sião,Nelson Noronha.  “A princípio, todos nós já nascemos mortos espiritualmente, pois esta morte significa a separação de Deus por causa do pecado de Adão e Eva. Portanto, como todos nascemos pecadores, nascemos ‘mortos’, ou seja, separados de Deus”, esclarece.

A segunda morte, a física, é consequência da primeira, a espiritual ou separação de Deus. Desta, mesmo os que escapam da primeira morte (espiritual – separação de Deus), estão sujeitos, acrescenta o pastor. Por isso, todos os cristãos podem morrer e muitos já morreram fisicamente (na Bíblia, a morte física do filho de Deus é suavizada com o verbo ‘adormecer’).

Na Bíblia, no livro de Gênesis, capítulo 2, nos versículos 15 a 17, é relatada a primeira morte, que foi a queda do homem, quando Deus avisa a Adão que não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, pois se fizesse isto, morreria. Porém,depois que ele e Eva comeram, continuaram vivos fisicamente. Os textos que falam da morte física são todos que registram a morte de alguém, a exemplo da morte de Abel, que foi assassinado por seu irmão Caim. (Leia Gênesis 4.8).

Quanto aos textos que exprimem a “morte eterna” ou condenação eterna, são todos os que falam sobre as pessoas serem lançadas no inferno, como descrito em Apocalipse 20:15, que diz: “E aquele que não foi achado escrito no Livro da vida foi lançado no lago de fogo”.

Alguém não morrerá? – Somente os que foram arrebatados em vida, poucos, e os cristãos vigilantes que estiverem vivos quando Jesus voltar, não morrerão fisicamente. O restante, infelizmente, morrerá fisicamente, mesmo estando vivos em Cristo Jesus. “Poderia se dizer que, a morte – separação de Deus, se não for resolvida com a solução que Deus nos oferece, vai perdurar eternamente. Alguns diriam que é uma terceira morte; eu prefiro ver como extensão da primeira, consequência do pecado não solucionado pelo sacrifício de Cristo”, opina o pastor.

Agora, se a pessoa “morrer” para as coisas vãs desta terra, ou seja, decidir viver para Cristo, aceitá-lo como Senhor e Salvador de sua vida, não estará perdendo sua vida, mas ganhando-a, conservando-a para sempre, conforme está descrito no livro de Marcos 8.35: “Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá; mas quem perder a sua vida por minha causa e pelo evangelho, a salvará”. Isso é possível? Sim, conheça milhares de pessoas que fazem isso diariamente. O Ministério Portas Abertas tem os registros.

Foto: divulgação imprensa

Editado por Luciana Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s