Felipe Vaz

Publicado: 10 , abril , 2011 , domingo em Seja bem-vindo!

Você ouviu falar de alguém que aos 7 anos de idade se metia em brigas sérias? De aparecer com olho roxo em casa? Se Cristo não aparecesse, Felipe Vaz, vestibulando de 17 anos, seria um dos rapazes mais violentos de Belém a uma hora dessas…poderia estar numa cadeira de rodas ou num hospital, como ele mesmo conta para a Revista Zion. Confira a entrevista.

Felipe, como é essa história de brigas na infância?

Eu era um menino muito problemático. Brigava muito na escola, me metia muito em brigas, não respeitava os professores.

Que tipo de brigas você se metia?

Eu era muito novo, mas eu brigava muito. Eram pesadas, ficava com olho roxo e tal. Ficava machucado. Nunca cheguei a espancar, mas quebrava o nariz da galera e por aí vai… Com isso, minha mãe me colocou para andar com o pastor da nossa igreja de Manaus, o João Saraiva.

Eita ferro. O que foi acontecendo com você durante a caminhada com o pastor?

Eu ficava com vergonha de chegar com ele todo machucado. Ele não gostava, e eu tinha muito respeito por ele. O respeito era tão grande que procurei evitar brigar só para não chegar com ele e passar vergonha uhushaushaus… Isso foi em 2000, eu tinha 7 anos de idade.  Quando comecei a andar com o pastor, Deus me mostrou o que queria para minha vida.

O que Deus queria?

 Nessa época, eu tinha 8 anos de idade. Eu tenho o chamado pastoral integral e esse chamado, eu tenho desde essa idade, que foi quando contei para meus pais que queria ser pastor. Eles apoiaram firme. Com 9 anos de idade, eu fiz duas pregações para a igreja lotada num culto de noite, e esse culto foi na virada do ano. Outra foi no dia dos pais, onde o pastor João me desafiou e eu aceitei o desafio: fiz a pregação falando sobre o relacionamento de pais com seus filhos, e ali houve conversão de sete pais. Para a glória do Senhor, isso tudo foi com 9 anos de idade. Já fiz várias viagens missionárias, conheci vários lugares.

Se você não tivesse Jesus, como seria sua vida a uma hora dessas?

Já teria morrido pelo fato de muitas brigas. Você não imagina… ou estaria em alguma cama de hospital se eu continuasse com aquela vida…

Como é sua vida hoje com Deus?

Não estou satisfeito. Sempre quero mais e sei que um dia, vou chegar lá, quando Jesus voltar.

Obrigada pela entrevista

Ok. Deus te Abençoe.

Editado por Luciana Almeida

Anúncios
comentários
  1. thaynara paris disse:

    Canarinhoooo.. serioo?? poxa q bom Deus te resgatoooouu..uahahuahauh.. Ele sabe o q faz..vc é um rapaz de Deus..Q Ele te abençoe sempre!!!!!!!!!!!!! te adoro.

  2. Muito muito muito querido, querido mesmo esse CANÁRIO!!!! Deus abençoe sua vida!!!!

  3. Ingrid Carvalho disse:

    eu ja sabia dessa historia 🙂
    que Deus continue abençoando sua vida Canarinho ^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s