O que Deus fez na minha vida – Com Danielle Brito

Publicado: 14 , agosto , 2010 , sábado em RZion +

 

Danielle Brito

A coluna traz hoje uma história missionária, o testemunho da jovem Danielle Brito. Ela é formada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Pará, onde seu envolvimento com as missões engrenaram. No segundo ano da faculdade, ela começou a freqüentar uma reunião de cristãos no campus, e foi aí que conheceu a Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo (CEPC). Em 2008, arrumou as malas e foi para Fortaleza, fazer parte da Cruzada. Passado um ano e meio, Danielle volta à Belém, e agora, incentiva os jovens a terem essa inesquecível experiência com Deus.

RZion: Como e quando você se converteu?

Danielle: Conheci a Jesus em 1997, aos 18 anos, uma fase de muitos questionamentos e dúvidas acerca de fé e Deus. Depois de ser desafiada a ler a Bíblia, entendi que só é possível ter um relacionamento com Deus através de Jesus Cristo, e logo o convidei para entrar no meu coração. Comecei a visitar a Igreja Batista Sião (IBS), e essas visitas se tornaram constantes, pois lá tive minha fé edificada através da Palavra.

RZion: Você teve alguma dificuldade depois da conversão?

Danielle: No ano de 2000, Deus me concedeu a bênção de entrar na Universidade. Foi uma grande vitória, pois meu pai havia falecido às vésperas da minha prova do vestibular. Ao ingressar na UFPA, me deparei com uma realidade totalmente diferente do que eu imaginava: observei jovens que usavam drogas, professores que influenciavam a fé dos estudantes negativamente e cristãos se desviando do Caminho de Deus. Foi um choque! No primeiro ano, foi bem difícil ver essa realidade, tive vontade de trancar o curso. Em meio a tudo isso, me veio à memória as lutas e desafios que eu havia passado pra entrar naquela faculdade, e pude perceber que Deus queria me usar pra falar do Amor dEle ali naquele campus.

RZion: Como você superou tudo isso?

Danielle: No segundo ano de faculdade, conheci um amigo que me falou de uma reunião de cristãos que acontecia no campus. Comecei a freqüentar essas reuniões, conheci cristãos comprometidos em fazer algo que pudesse contribuir no Reino. Tínhamos a oportunidade de orar e louvar a Deus, e também uma vez por semana, saíamos pra compartilhar o Amor de Deus com os estudantes. Esse grupo de cristãos fazia parte de uma missão chamada Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo (CEPC), uma missão que trabalha especificamente na evangelização de estudantes universitários.

RZion: Quando você sentiu o chamado para se tornar uma missionária?

Danielle: Em 2005, durante meu primeiro projeto missionário (coordenado pela CEPC) na UFBA em Salvador, depois de ter experiências maravilhosas de evangelismo e discipulado, tomei a decisão de dedicar um tempo da minha vida integralmente à Obra missionária. Em 2008, depois de ter providenciado os recursos financeiros necessários, arrumei as malas e fui pra Fortaleza, ingressar na equipe de missionários da CEPC.

RZion: O que você pode falar para os jovens que tem interesse em ser um missionário?

Danielle: Incentivo vocês, jovens, a dedicar pelo menos um ano de sua vida na Obra de tempo integral. É um tempo de grandes desafios, mas vale realmente muito a pena ver vidas transformadas pelo Amor Incondicional de Deus através de Jesus. Também é um tempo em que Deus trata e molda nosso caráter profundamente. Jovens, que vocês possam investir suas vidas e recursos, orando, investindo ou indo, pois os campos estão brancos esperando pela colheita. “A seara é grande e poucos os ceifeiros” (Mateus 9.37).

RZion: Você fez parte de algum ministério?

Danielle: Sempre trabalhei na Obra. Passei por vários departamentos: infantil, louvor, teatro… Sempre aprendendo muito em cada um deles.

RZion: Tem algo que você considere como a melhor parte do trabalho missionário?

Danielle: O que mais eu gostei nesse tempo foi a parte de discipulado, em que tínhamos um pequeno grupo (PG) de estudo Bíblico no campus. Esse PG era formado por meninas, cristãs ou que acabavam de se converter naquele campus. Nesses PGs, podíamos compartilhar o amor de Deus, estudar a Palavra e ter momentos de comunhão. Acontecia o que chamávamos de “Vida na vida”. Eu sempre procurava passar às meninas o que Deus fazia na minha vida durante aquela semana e geralmente uma das meninas havia passado por algo parecido com o que eu havia compartilhado. Tínhamos o desafio de ter nosso tempo a sós com Deus diariamente e orar umas pelas outras e pelas necessidades dos estudantes daquele campus. Isso tudo marcou muito meu tempo em Fortaleza. RZion: Como foi seu primeiro contato com a obra missionária? Danielle: Durante meu tempo de faculdade pude me envolver cada vez mais com a Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo (CEPC), uma missão que trabalha especificamente na evangelização de estudantes universitários. Na universidade, tive a oportunidade de participar de treinamentos de capacitação de evangelismo em congressos e projetos missionários em Fortaleza, Salvador, Recife, Belém, Macapá e Campo Grande. Através desse envolvimento com a missão, ficava cada vez mais clara a vontade de Deus pra minha vida, de ajudar no cumprimento da Grande Comissão (“[…]ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura”, Marcos 16:15), e nos projetos missionários, tivemos a oportunidade de implantar o ministério na Universidade Federal daquele Estado ou fortalecer um ministério já existente.

RZion: Como foi a preparação para a obra?

Danielle: Lá, recebi um treinamento avançado nas áreas de evangelismo e discipulado, e também tive a oportunidade de realizar treinamento prático em três universidades do Ceará. Confesso que não foi fácil tomar essa decisão de sair da minha terra e da minha parentela, mas entendi que era realmente essa a vontade de Deus, pois havia muita paz em meu coração. Fiquei um ano e meio em Fortaleza. Passei por provações e lutas. Poderia citar muitas coisas aqui, mas prefiro dizer que sempre tive a convicção de Deus em relação ao meu chamado e que Ele permitiu que eu fosse para Fortaleza tratar algumas áreas da minha vida e, principalmente, transformar meu caráter.

RZion: E, hoje, ao fazer uma análise de tudo que você já viveu como missionária, o que você pode dizer?

Danielle: Creio que Deus tem novos rumos para mim neste tempo, em relação à minha vida pessoal e ministerial. Hoje, trabalho secularmente em uma livraria aqui em Belém, não sou mais missionária de tempo integral, mas continuo sendo missionária no meu local de trabalho e na minha casa. Qualquer lugar por onde eu passo se torna um campo missionário. Hoje não estou lá em Fortaleza, mas posso investir financeiramente ou orar por um missionário que está lá e que faz parte da equipe e que se converteu em 2006, no campus onde ele estudava. Me refiro ao Diego, graduado em geografia pela UFF, e que hoje serve de tempo integral através da CEPC. Da mesma forma que conheceu a Cristo em seu campus, ele deseja que outros estudantes conheçam verdadeiramente a Cristo, e por isso decidiu dedicar sua vida nessa missão.

RZion: Você pode citar algumas obras missionárias?

Danielle: Existem hoje algumas missões como Palavra da Vida, CEPC, JOCUM, Junta de Missões Nacionais, etc. Onde podemos ser capacitados e direcionados por Deus a serví-Lo.

RZion: Como a Igreja pode auxiliar este tipo de trabalho?

Danielle: Se Deus chama, Ele capacita e providencia os recursos necessários. Não tenha medo de ouvir e obedecer a vontade de Deus, pois a vontade dEle é boa, perfeita e agradável. Tudo isso aconteceu na minha vida graças a Deus e à benção de orações e finanças da Igreja Batista Sião. Desde o tempo de preparo até a minha volta pra Belém, pude contar com a Igreja e sou extremamente grata a Deus. Jovens, “Aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo”, Fl 1:6.

Danielle Brito Contatos:

Email: daniellebrito77@gmail.com msn: hadasssa@hotmail.com

Editado por Gabriela Azevedo e Paula Costa

Revisado por Fernando Cavalheiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s