As férias de Deus

Publicado: 11 , julho , 2010 , domingo em Matérias

Ainda bem que Deus não tira férias…aliás, o único descanso que ele teve, e que está registrado na Bíblia, foi ao final da criação do mundo. “No sétimo dia, Deus acabou de fazer todas as coisas e descansou de todo o trabalho que havia feito”.  Portanto, imaginem como somos privilegiados por Deus estar 24 horas ao nosso lado. Do contrário, quando orássemos em julho, pedindo solução de problemas, a secretária eletrônica dele diria:… “Estou em férias no momento, favor retornar em agosto”. O louvor de gratidão também seria recebido no segundo semestre! Imaginou?

A professora de canto, France Kaliski, diz que Deus não tira férias, porque esse período longo de descanso é exclusivamente humano. Ela diz ainda que a Palavra de Deus (Mateus, capítulo 28, versículo 20) garante que Ele estaria conosco todos os dias de nossas vidas até a consumação dos séculos, e não em alguns dias…excluindo julho, dezembro…período de férias. “Digamos que você esteja passando por um problema e é grave, e você precisa orar para que Deus te responda neste dia, o que aconteceria se ele estivesse de férias?”, pergunta. 

Mas e o outro lado? Tiramos férias de Deus? Não. Não podemos tirar férias de Deus, porque se ele está conosco nos momentos difíceis, porque deveria ser excluído dos momentos bons, em que estamos relaxando, curtindo a praia, as belas paisagens? A Bíblia diz em I Coríntios (capítulo 10, versículo 31): “Portanto, quer comais quer bebais, ou façais, qualquer outra coisa, fazei tudo para glória de Deus”, e ainda em I Timóteo (capítulo 2, versículo 11): “[…] Se, pois, já morremos com ele, também com ele viveremos; se perseveramos, com ele também reinaremos”.

O estudante de direito, Fernando Cavalheiro, 20 anos, diz que se buscávamos a Deus antes das férias, nada vai mudar quando sairmos da rotina diária de trabalho/estudo. “Digo isso porque ‘férias’ é a interrupção das obrigações para que possamos descansar, e não vejo a busca constante por Deus como algo cansativo ou que seja uma obrigação. Antes, deve ser uma alegria e refrigério”, afirma. “Você pode ir aonde for, porque se você tem Deus, Deus está sempre com você”, confirma France.

Bom uso das férias

As férias também podem se tornar um período estratégico para que a palavra de Deus seja divulgada. É o que defende o administrador Lériton Brito, 22 anos. “Férias é o momento de testemunharmos que também nos divertimos. Sair com os amigos da igreja, viajar com eles, com a família; reestabelecer relacionamentos, visitar. Tudo isso faz parte do testemunho do cristão”, diz.

“As férias são uma oportunidade de testemunhar de Cristo em lugares diferentes, em situações diferentes e para pessoas diferentes. Ao invés de ser algo que nos distancia de Deus, as férias podem ser um modo de alcançar outras pessoas”, concorda Cavalheiro.

O pastor dos jovens da Igreja Batista Sião, Jonatas Figueira, diz que como nós somos templo do Espírito Santo (“Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo”.  I Coríntios 6.19), o Espírito deve nos acompanhar aonde estivermos. “Se ele nos acompanha, então temos que aproveitar, inclusive no lazer, para testemunhar sobre Cristo, e não somente com palavras, mas com atitudes”, fala. “É como diz aquele ditado popular: ´o que fazes fala tão alto que não consigo ouvir tua voz`, reproduziu.

Oséias (versículo 13, capítulo 6), fala das situações boas pelas quais passamos que nos fazem deixar Deus de lado. “Mas, quando entraram na boa terra, vocês tiveram comida de sobra e ficaram satisfeitos. Então os corações de vocês se encheram de orgulho, e vocês esqueceram de mim”.

Devocional

“Sei que muita gente acha cansativo ter um período devocional diário, mas isso é parte da batalha contra nossa própria vontade. Quem nunca tem preguiça de levantar para ligar a televisão, mas nem por isso deixa de assisti-la? Devemos pedir a graça de Deus, afinal, somos salvos não por nossa própria vontade, mas sim porque Ele um dia nos quis primeiro”, finaliza Fernando.

“Levar Deus para as férias, para mim, é fazer o que geralmente ‘não temos tempo’ para fazer durante os semestres normais. Isso inclui ler mais a palavra, orar mais, jejuar mais, pensar mais em Deus, ouvi-lo mais”, concorda Lériton.

Ou seja, levar a bíblia na mochila, encher-nos da presença de Deus e espalhar a mensagem de amor, com palavras e atitudes, podem fazer a diferença em nossas férias.

Editado por Luciana Almeida

Anúncios
comentários
  1. Kath Jucá disse:

    Também as férias servem para que a gente possa refletir sobre o que foi feito no 1 semestre e o que falta melhorar, e ainda o que não foi feito para que possamos dar um grande passo na obra do Senhor no 2 semestre. Gostei da sua matéria Luciana e acho que esse assunto sempre deve ser abordado visto que cada vez mais jovens estão se aproximando e buscando a Deus dentro das atividades da igreja, e como estas param em épocas de julho e dezembro, os jovens tendem a ficar perdidos, dispersam-se e consequentemente, afastam-se do Senhor.
    Que Deus possa sempre estar conosco e nós com Ele todos os dias.
    BoaS FériaS.

  2. A matéria ficou ótima. Excelente para reflexão de nossas atitudes nas férias e nos dias santos. Fico feliz, que além de informar, a Revista Zion contribua com nosso devocional e com isso nosso crescimento espiritual durante as férias.

  3. kmatos disse:

    Sim….férias com Deus sempre! importante não nos esquecermos quem somos e de quem somos independente de onde estejamos. Nossas brincadeiras, conversas, vestimentas, comportamentos e atitutes devem refletir o compromisso que temos com Deus. Aproveitemos com moderação, afinal a Bíblia diz que tudo nos é lícito mas nem tudo nos convém. Pensemos nisso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s